06
Dez

Os Condomínios e a Internet

Postado por em em Uncategorized
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 1362
  • 0 Comentários
  • Imprimir
Os Condomínios e a Internet

Apesar de ter nascido no Rio de Janeiro, vivi em Curitiba praticamente a minha vida inteira, amo esta cidade. É por isso que quando faço alguma

crítica, tenho conhecimento de causa e experiência em relação ao que estou falando. É sabido que o povo curitibano é fechado e um tanto reticente a mudanças, mas quando se obtém a sua confiança há uma fidelidade até maior do que em outras capitais. 

 

Podemos trazer para a área condominial alguns receios do povo da capital paranaense, e se tem algo que notei durante o tempo em que presto serviços para condomínios, é justamente uma certa resistência quando falamos em relação à questão da internet, resistência esta que também está presente em outras cidades em maior ou menor grau, só tomei a cidade de Curitiba como exemplo. 

Nos dias atuais é cada vez mais comum a utilização dos chamados serviços on-line, sejam eles de compras de produtos, de compras de serviços, operações bancárias, ou mera busca de informação. A internet está cada vez mais presente em todos os setores, e no caso dos condomínios não poderia ser diferente. Os condomínios utilizam a internet para transações bancárias, para formarem redes sociais a fim de divulgarem eventos e a sua vida cotidiana, consultar fornecedores, etc. Além destes serviços, muitos condomínios, quando possuem serviços de administradoras, também utilizam o site destas para solicitação de boletos e informações diversas.

Uma modalidade que está se tornando cada vez mais presente na área, são os sites virtuais para condomínios, que têm como uma das principais vantagens tornar o trabalho do síndico mais fácil e eficiente, pois diminui a necessidade de papéis, impressões e, principalmente, tempo. 

Normalmente os sites virtuais para condomínios reúnem toda a informação pertinente a tudo que ocorre nestes e que pode ser transformado em informação on-line. Ao contrário dos sites das administradoras, que na maioria dos casos têm função financeira, os sites voltados especificamente aos condomínios, são dotados de diversas funções que muitas vezes dispensam a necessidade de utilização de livros específicos ou informações impressas. Existem sites que permitem que as reservas das áreas comuns sejam feitas de forma on-line, tais como: salão de festas, quadra de tênis, espaço gourmet, etc. Muitos sites também possuem espaços destinados à consulta de atas, balancetes, avisos, inserção de fotos e filmes, e até mesmo espaço para a realização de assembleia virtual. A grande sacada disto é ter a informação de forma mais rápida e confortável. Imagine que você deseja fazer a reserva do salão de festas e não precisará ligar para o síndico ou portaria, ou até mesmo ir até a administração para realizar tal solicitação. Você poderá fazer tudo on-line, no conforto da sua casa ou em qualquer lugar que tenha acesso à internet, tudo em tempo real. Em relação àqueles que não gostam se expor e que tenham receio de registrar queixas no livro de registro de ocorrências, isto representará uma grande vantagem, pois tudo poderá ser feito através do site. Assim, haverá muito menos exposição e maior praticidade, pois muitas vezes o livro de ocorrências tem de ser solicitado à administração ou diretamente na portaria, o que, além de representar um desconforto pelo fato do morador ter de sair do aconchego do seu lar, também poderá torná-lo mais exposto aos outros moradores. 

Os sites virtuais de condomínios, normalmente são oferecidos por empresas especializadas no setor, as quais oferecem os serviços por preços bastante interessantes, funcionando através de pagamentos mensais efetuados pelo condomínio. Basta procurar e obter referências.

O advento da internet não deve ser ignorado por ninguém, seja pessoa física ou jurídica, e é fato que quem está fora da rede, tem um atraso que já beira o incalculável. Por isso, é muito importante considerar que estar dentro da internet já deixou há muito de ser considerado luxo ou mero deleite, mas sim uma ferramenta essencial de trabalho.

 

0

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Visitante
Visitante Quinta, 03 Dezembro 2020